NC Wallet notícia

Ver todos

Seguras e estáveis

Tudo o que você precisa saber sobre stablecoins

Stablecoins são as moedas "estáveis" do mundo das criptomoedas. A principal ideia por trás dessas moedas é que seu valor está vinculado a outros ativos de reserva como o dólar, o euro ou até mesmo o ouro!

Graças a elas, muitas pessoas hoje em dia podem entrar no mundo das criptomoedas com mais comodidade e segurança! Neste artigo, falaremos sobre os 4 principais fatos que você precisa saber sobre stablecoins!

Stablecoins — baixa volatilidade

Moedas como Bitcoin (BTC) ou Ether (ETH) são historicamente conhecidas como ativos voláteis. Por um lado, isso tem suas vantagens, mas, por outro, pode tornar o uso dessas criptomoedas para pagamentos diários mais desafiador.

Por esse motivo, foram criadas as stablecoins. O fato de estarem atreladas a outros ativos de reserva reduz drasticamente sua volatilidade e facilita seu uso no dia a dia.

Stablecoins podem ser usadas fora da internet

A baixa volatilidade das stablecoins abre uma oportunidade para seu uso generalizado. Hoje em dia, você pode usá-las não só para negociar na Web, mas também para fazer compras na vida real! Por exemplo, em 3 de outubro de 2022, a rede multinacional de fast-food McDonald's passou a aceitar Tether (USDT) como forma de pagamento na cidade de Lugano, Suíça.

Tipos de stablecoins

Em geral, existem 3 tipos de stablecoins, e cada tipo usa o próprio mecanismo de atrelamento para estabilizar seu valor.

Stablecoins lastreadas em moedas fiduciárias

Esses ativos guardam dólares, euros e outros ativos em reservas mantidas por custodiantes independentes e regularmente auditadas. O rol de ativos de reserva dessas criptomoedas é igual a seu valor de mercado. A moeda mais popular nessa categoria é a Tether (USDT), que é atrelada em 1:1 ao dólar americano.

Stablecoins lastreadas em criptomoedas

Elas funcionam de maneira semelhante às lastreadas em moedas fiduciárias, mas, em vez de moedas comuns, elas usam criptomoedas.

Vamos usar o exemplo da stablecoin DAI. Um token da DAI é criado toda vez que um usuário envia algum Ether para um contrato inteligente que emite uma stablecoin. Para criar DAI no valor de US$ 100, é preciso depositar uma criptomoeda no valor de US$ 150 (relação de 1:1,5) — isso é feito para evitar riscos quando o valor do ETH cair.

Stablecoins algorítmicas

O último tipo é diferente dos outros dois. Aqui, as stablecoins podem não ter nenhum ativo de reserva. Elas são totalmente descentralizadas, e seus preços são apoiados por contratos inteligentes. Funciona com base no seguinte algoritmo:

Imagine que você tem duas moedas: Coin-1 e Coin-2.

Quando o custo da Coin-1 cai abaixo de US$ 1, todos os seus usuários recebem um desconto na compra da Coin-2.

Durante a compra de Coin-2, ocorrem estas duas ações: a criação de novos ativos Coin-2 e a redução do número de ativos Coin-1.

Assim, a oferta de Coin-1 diminui, e seu valor começa a subir. Assim que atinge US$ 1, os detentores de Coin-2 podem trocá-la por Coin-1 a uma relação de 1:1. Ao mesmo tempo, ao comprar Coin-1, o número de ativos Coin-2 diminui.

Stablecoins têm todos os benefícios da blockchain

Você pode enviar stablecoins para qualquer carteira de criptoativos compatível de qualquer lugar que desejar. O importante é que a transação será realizada por blockchain, o que praticamente elimina quaisquer possíveis riscos. As stablecoins podem ser negociadas, guardadas e usadas com facilidade e rapidez — sem a necessidade de envolver terceiros.

Ao contrário de muitas criptomoedas, a mesma stablecoin pode ser usada em várias blockchains. Por exemplo, a Tether (USDT) atualmente é compatível com as blockchains Algorand, Ethereum, EOS, Liquid Network, Omni, Tron, Standard Ledger Protocol do Bitcoin Cash e Solana.

As stablecoins são incrivelmente versáteis e têm muitos benefícios. Se você decidir começar a trabalhar com elas, certifique-se de mantê-las seguras em uma carteira de criptoativos confiável!

NC WALLET

Adicionado Recentemente

Use USDT — agora na Rede Solana!
Todos adoram a Solana por sua velocidade e taxas de rede baixas. Agora você pode aproveitar ainda mais as transações neste blockchain porque adicionamos USDT à Solana!
Publicados:
Demanda e utilidade no contexto de criptomoedas
Por que as pessoas preferem uma criptomoeda à outra? Hoje, revelaremos os segredos da demanda: porque uma moeda é popular e confiável enquanto outras não são.
Publicados:
Como e por que avaliar a distribuição de tokens
Chegou a hora de conhecer outro aspecto vital da tokenomia para tomar decisões razoáveis no complicado universo de criptomoedas. Você já explorou a oferta e emissão de tokens. Agora, descobriremos como a distribuição de tokens afeta a sustentabilidade e estabilidade de uma determinada criptomoeda.
Publicados: